0

E aí você vai nos perguntar, mas churrasco não se faz somente com sal grosso?

Com certeza na maioria dos lugares o sal grosso é o mais usado para se fazer churrasco, mas existem diversos outros tipos que podem também ser utilizados.

Vamos falar abaixo de 03 tipos (claro, incluindo o sal grosso):

Sal grosso

Como já dissemos, com certeza é o sal mais utilizado para se fazer churrasco! Ele não passa pelo processo de refinamento, possui grãos maiores, irregulares e assim, uma menor penetração na proteína. Dessa forma, consequentemente desidrata menos a carne.

Dica 1: lembre-se que se você temperar com muito tempo de antecedência, a carne vai se desidratar e ressecar.

Dica 2: ao utilizá-los em steaks de grelha, sempre retire seu excesso antes de servir, para não “comer” o sal.

Sugestões de utilização: utilize-o em peças maiores como costelas, picanhas inteiras e as demais que tenham cocção mais lenta. Assim vai dar tempo do sal se dissolver.

Sal parillero / sal de parrilla

Muito utilizado hoje em dia, é um sal cuja granulometria é menor, o que permite maior uniformidade ao salgar a carne. Além disso, por ser mais fino do que o sal grosso, derrete com mais facilidade.

Dica: salgue a carne em torno de 5 a 10 minutos antes dela ir para grelha.

Sugestão: utilizar em steaks que vão ser feitos direto na grelha com cocção mais rápida.

Flor de sal

É retirada da camada mais superficial das salinas, sendo conhecida como o sal mais puro de todos. Devido ao seu alto custo e qualidade, normalmente é usada para finalizar pratos. Por isso, é também conhecida como sal de finalização.

Dica: não a utilize em grande quantidade para finalizar, ela salga muito! Utilizar uma pitada é suficiente.

Sugestão: faça alguns steaks do seu corte favorito e após porcionar coloque uma pitada de flor de sal antes de degustar.

clubemeat

About clubemeat

Leave a Reply